Bitter Feuser

Conserva o sabor extraído das ervas

CONHEÇA UM POUCO
MAIS SOBRE A HISTÓRIA
DESTE CASE

Entrar no ambiente onde as ervas ficam curtindo na água ardente é um brinde aos sentidos. Uma doce mistura inunda o ar e deixa a gente com vontade de provar a bebida.

A tradição de produzir a bitter vem sendo passada de pai para filho e se consolidou nas mãos da família de Mário Feuser, sua esposa Clotilde Heinzen Feuser e do filho Otávio Feuser. A história começou com o pai de Mário, seu Joaquim e a esposa que faziam nos fundo de sua casa a bebida que inicialmente era vendida para os vizinhos. Eles mesmos plantavam as ervas e faziam em torno de 100 litros por mês.

Você encontra os produtos Bitter Feuser em diversos locais de Vargem do Cedro.

A Bitter é uma bebida alcoólica com sabor de essências herbais, caracterizado por um sabor amargo ou agridoce. Diversas marcas de bitter foram comercializadas antigamente como medicamentos patenteados, atualmente são consumidos como digestivos ou para dar sabor a coquetéis. A Bitter Feuser é uma bebida artesanal considerada medicamento devido às ervas que a compõem. A família Feuser, através do seu Joaquim, resgatou a fórmula da bitter e ele a fabricou desde 1980 aos anos 90, quando infelizmente veio a falecer. Desde então seu filho Mário assumiu o comando e deu continuidade ao projeto do pai.

Hoje a Bitter Feuser contém 11 tipos de ervas medicinais, sendo produzida à base de: água ardente, losna, casca de quina, cipó mil homens, salsaparrilha, cravo, hortelã, canela em casca, erva doce, noz-moscada, cana santa e, adoçado com açúcar mascavo.

Assim são fabricados cerca de 2 mil litros de bitter por mês dos três tipos: Bitter Canela - com quarto ervas, segundo a família ótima para intestino preso; a Bitter sem açúcar - para os diabéticos e a tradicional Bitter – com 11 ervas, a maioria delas plantadas na propriedade dos Feuser.

A preparação

A água ardente é colocada em caixas plásticas junto com as ervas e permanecem curtindo por 30 dias, depois as ervas são retiradas e é colocado o açúcar que fica por mais 10 dias, quando se completa o sabor. Após este período a bebida é envazada de maneira também artesanal, pois seu Mário Feuser inventou uma maneira de pressionar a tampa sem precisar de nenhuma máquina elétrica.

A comercialização

São nove estabelecimentos que revendem a Bitter até São Bonifácio e clientes espalhados pelo Estado inteiro. Destaque para as cidades: do Vale do Itajaí, Joinville, Florianópolis, Porto Belo, Blumenau, além é claro, dos turistas que visitam Vargem do Cedro todos os finais de semana, onde os produtos podem ser facilmente encontrados.

MAIS FOTOS

Ervas utilizadas na preparação da Bitter

A marca é de origem familiar

Forma com que as garrafas são lacradas

Bitter estocada

É possível degustar no local

A linha sem açucar também faz sucesso

Compartilhar no Whatsapp

Compartilhar no Facebook

Compartilhar no Twitter

Entre em contato com Bitter Feuser

Estrada Geral Vargem do Cedro

São Martinho SC, CEP 88765-000

Fones: (48) 3053-4521 | 9902-0556

*As informãções de horário de atendimento podem ser alteradas a qualquer momento e representamdados da data de elaboração do projeto.
Mini-site desenvolvido por O Regional Sul
2016 © Todos os direitos reservados à O Regional Sul